top of page
  • Writer's pictureCristalwolf Lobazul

Teriantropia: Sinto que nasci na espécie errada e no corpo errado - Como me adaptar? QUADROBICS

Updated: Jun 26, 2023

Esse é o sentimento mais comum entre os Therians e Otherkins: o sentimento de ter nascido na espécie e no corpo errado. Como se adaptar para a sociedade? Como lidar com isso?

Obviamente o que serve para um não serve para todos e cada um tem a sua maneira de lidar com os seus impulsos e sentimentos. O que apresentarei ao longo dos próximos posts serão algumas formas saudáveis que encontrei para lidar com isso.


Então vamos começar por:


Pessoa praticando quadrobics.
Pessoa praticando quadrobics.


QUADROBICS


O ato de correr / caminhar sobre os quatro membros é uma coisa que me conforta desde que eu era um filhote. Confesso que faz pouco tempo que descobri que isso tinha nome.


Apesar de divertido e libertador, eu fico preocupado quando vejo adolescentes e crianças fazendo esse tipo de modalidade sem nenhum cuidado com as articulações ou a coluna. Isso porque o impacto gerados nas mãos e no pescoço ao praticar quadrobics é enorme, principalmente em saltos. A minha recomendação, caso você queira sair correndo e saltando por aí, é que tenha muito cuidado, porque pulsos se abrem muito fácil e um solavanco na coluna pode acabar muito mal.


O certo é pesquisar bastante e conversar com profissionais especializados como professores de educação física e instrutores de academia. Seja sincere e converse com esse profissional, pergunte como você pode praticar essa modalidade sem se lesionar.


A minha preocupação é porque veja bem, apesar de nós therians sermos animais presos em corpos humanos, ainda assim estamos presos em corpos humanos. E com esses corpos, vêm as limitações. Nossos membros superiores são mais curtos do que os inferiores, nossa clavícula não tem o formato adequado, e nossa cervical não está preparada para esses tipos de movimentos.


Pessoa praticando quadrobics.
Pessoa praticando quadrobics.

Mas calma. Existem formas de se adaptar de forma um pouco mais segura, mesmo assim não deixe de tirar suas dúvidas consultando um profissional.


FAZENDO AS SUAS PRÓPRIAS PATAS


Uma forma que encontrei para me adaptar foi criando próteses para estender as minhas patas até o tamanho adequado:

- Eu começo curvando o meu corpo como se meus braços e pernas fossem proporcionais, a coluna reta e levemente inclinada de modo que a cabeça fique um pouco mais a cima da linha do traseiro, ou até achar uma posição confortável para a coluna.


- Depois eu tiro as medidas do que ficou faltando, das mãos até o chão. Você pode usar uma fita métrica por exemplo, ou um barbante.


- Escolho o material que minhas patas serão confeccionadas. Geralmente uso cabo de vassoura ou canos de pvc, mas você pode escolher o que quiser.


- Corte o material na medida que você tirou. No meu caso, partir um cabo de vassoura no meio já resolve.


- Coloque um material antiderrapante na base de sua pata. Você pode achar fitas adesivas antiderrapantes em lojas de ferragens, por exemplo.


- Certifique-se de que o lugar onde você vai colocar suas mãos seja confortável e seguro para ser segurado. Pois você segurará duas "patas" como duas bengalas. Então a pega tem que ser confortável.


Com essas "patas" eu posso correr sobre quatro membros com mais liberdade e velocidade, posso saltar e colocar meu peso por cima das "patas" sem problemas. Além disso, é muito mais seguro correr pelo mato com essas próteses do que com as mãos e os pés desnudos, imagine pisar em espinhos ou em algum tipo de animal peçonhento. É importante evitar possíveis acidentes, para não estragar a diversão.


Você pode personalizar suas patinhas também, colocar pelúcia, garras, coxins, etc... Ou deixar simples. É claro que esse exemplo que vou mostrar abaixo é muito elaborado, mas a ideia é mais ou menos essa porém só com as patas dianteiras, sem o resto da roupa:


Se te faz sentir confortável e acolhido praticar quadrobics, te faz sentir mais perto do que você é por dentro. Então pratique. Mas sempre com muito cuidado com o corpinho que você habita hoje.

E essa foi uma das formas que encontrei para lidar com esse impulso de correr livre. Comente aqui como você faz quando se sente com vontade de correr livre também.


236 views

Recent Posts

See All
bottom of page